Virando o filho…


Um dia, meu filho era bem pequeno, tinha apenas 3 meses de idade, tinha saído do banho, trocado de roupa e estava deitadinho quieto em sima da cama. Eu quase não via meu filho porque ela quis passar os primeiros meses com a mãe. Minha ex-mulher tinha descoberto que eu sou esquizofrênico e estava desconfiada que eu fosse agressivo ou retardado.

Ela me disse:

– Fique ai olhando ele enquanto esquento a mamadeira.

Enquanto ela saiu eu fiquei olhando para aquele ser indefeso. Pensei o que sera que ele faz se eu virar ele?

Peguei a criança deitadinha e virei ela devagarzinho, como se estivesse virando uma tartaruga ao contrário.

As tartarugas são animais que não podem ser virados, pois algumas podem ficar viradas e não conseguem se desvirar e ficam nessa posição até morrer.

Então delicadamente virei meu filho de barriga para baixo. Ele começou a fazer dengo e disse: hum, hum, hum, hum ,  parecia resmungar um pouco mas bebe não resmunga, ele murmurou. Vi que ele estava forçando o pescoço para manter a cabeça levantada, então com delicadeza pequei o bracinhos que estavam na lateral do corpo e virei para a frente para ver se ele tentava engatinhar ou desvirar. Então a mãe chega e vê a sena bem nesse momento! Ela fala:

– O que você está fazendo com meu filho! Você quer matar ele! Rapidamente pega a criança e leva para a sala.

Sera que ela foi maliciosa?

sapo nágua

Tartaruga de ponta cabeça

sapo

sapo nágua

Eu não vi aquilo como uma diversão. Eu só estava fazendo uma experiencia científica, mas talvez ela tenho visto isso como uma brincadeira de muito mal gosto, como no caso de virar uma tartaruga, mas acho que ela interpretou muito pior do que isso, pois pouco tempo depois, entrou com um processo de separação litigioso e escreveu no processo que eu tentei matar meu próprio filho!

A juíza deve ter acreditado, pois proibiu eu de eu ver meu filho até que seja feito o exame de DNA que ela só compareceu dois anos depois.

Mas tudo bem, a vida continua.

tartarugaavesso

tartaruga do avesso

Depois de um tempo comecei a filosofar sobre isso e descobri, a imaginação dela é muito fértil enquanto o que eu só queria treinar para trocar a fraudinha dele.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s