Querer, merecer e precisar


querer, merecer e precisar

querer, merecer e precisar

Muitos gostam de interferir na vida dos outros, achando que podem dar palpite ou pior, ter opinião na vida dos outros sendo que não passa os mesmos problemas, provas ou sofrimentos.

Antes de qualquer pensamento a respeito da vida do próximo, tente se colocar no lugar da pessoa, isso se chama autruismo.

Autruismo é mais do que simpatia, é mais do que empatia, é autruismo.

Simpatia é gostar, empatia é imitar e autruismo é ser igual!

Impressionante o atrevimento das pessoas de se acharem superioras aos outros ao ponto de quererem palpitar ou pior achar que podem decidir o que é melhor ou pior para outra pessoa.

Isso é o cúmulo da superioridade inferior!

Primeiramente, não se deve pedir as coisas.

As coisas não se pedem, se conquistam ou são suas de direito.  Tudo que foge disso é esmola.

Querer é como desejar, é como uma inveja, mas pode ser uma meta para a felicidade aparente.

Merecer pode se pensar que é o que os outros pensam a respeito de uma consequência de seus atos. Mas isso fica muito limitado a vontade dos outros. Também pode-se achar que temos merecimentos próprios ou que nossos atos podem nos trazer algum benefício, mas o merecimento é muito mais profundo que isso. O merecimento não e dependente do que outras pessoas invejosas ou admiradoras possam achar, o merecimento é a realização da lei do retorno. A lei do retorno e divina e nada nem ninguém pode interferir pois Cristo ressuscitou e mostrou a profundidade da palavra merecer.

Precisar é relativo, podemos precisar de tudo que quisermos, mas a necessidade é muito mais forte.

A necessidade é algo que não podemos viver sem. Faz parte da vida saudável.  Ninguém pode ficar sem algo de que necessite. Isso é contra a vida. É o sofrimento do ser e anti-cristão.

Enquanto hipócritas ficam limitados a esses sentimentos pequenos como querer, merecer e precisar, pessoas evoluídas

ANTES DE DESEJAR PROCURAM A SEMELHANÇA ENTRE A CARIDADE, A CONQUISTA E A NECESSIDADE.

caridade, necessidade e conquista

caridade, necessidade e conquista

Para quem não entendeu vou explicar, faça a caridade somente do necessário, e a necessidade se conquista.

Por digo isso?  Porque meu filho é a minha necessidade e não preciso de caridade nem de conquista para te-lo!

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s