O pai bom e a mãe ruim


Lendo o livro INTELIGENCIA EMOCIONAL, A arte de educar nossos filhos de John Gottman phd

descobri que sou o tipo de pai preparador emocional e a Andresa é o tipo de mãe simplista, do tipo que acha que o tempo modifica todas as emoções. Meu teste de preparador emocional deu 17/23 perguntas.

MÃE/PAI SIMPLISTA:

  • não dão importância aos sentimentos da criança
  • ignoram os sentimentos da criança
  • querem que as emoções negativas da criança desapareçam logo
  • costumam tentar distrair a criança para faze-la esquecer as emoções
  • são capazes de ridicularizar ou fazer pouco caso das emoções da criança
  • acham que os sentimentos da criança são irracionais e, portanto, não contam
  • demonstram pouco interesse no que a criança esta tentando comunicar
  • podem ser incapazes de perceber as próprias em ações e as dos outros
  • sentem-se constrangidos, assustados, ansiosos, aborrecidos, magoados ou espantados com as emoções da criança
  • temem descontrolar-se emocionalmente
  • dão mais importância à superação que ao significado das emoções
  • acham que as emoções negativas são prejudiciais ou “toxicas”
  • acham que ficar pensando nas emoções negativas só vai “piorar as coisas”
  • não sabem o que fazer com as emoções da criança
  • veem as emoções da criança como uma exigência para “consertar” as coias
  • acham que as emoções negativas mostram que a criança está desajustada

Efeitos deste estilo sobre a criança:Ela aprende que seus sentimentos são errados, impróprios, inadequados. Pode aprender que há algo intrinsecamente errado com ela por causa do que ela sente. Pode ter dificuldade em regular as próprias emoções.

 

PAI/MÃE PREPARADOR EMOCIONAL

  • veem nas emoções negativas uma oportunidade de intimidade
  • são capazes de perder tempo com uma criança triste, irritada ou assustada; não se impacientam com as emoção
  • percebem e valorizam as próprias emoções
  • veem nas emoções negativas uma oportunidade importante para agirem como educadores
  • são sensíveis aos estados emocionais da criança mesmo os sutis
  • não ficam confusos nem ansiosos com  expressão de emoção da criança; sabem o que precisa ser feito
  • respeitam as emoções da criança
  • não ridicularizam nem fazem pouco das emoções negativas da criança
  • não dizem como a criança “deve” se sentir
  • não sentem que precisam resolver todos os problemas para a criança
  • usam os momentos de emoção para
  1. escutar a crianças
  2. ensinar técnicas de solução de problemas.
  3. demonstrar empatia com as palavras tranquilizadores e afeição
  4. ajudar a criança a nomear a emoção que ela esta sentindo
  5. orientar na regularização das emoções
  6. impor limites e ensinar manifestações aceitáveis da emoção

Efeitos deste estilo sobre a criança: ela aprende a confiar em seus sentimentos, regular as próprias emoções e resolver problemas. Tem auto-estima elevada, facilidade de aprender e de se relacionar com as pessoas

Outros tipos de pais são os pais desaprovadores e os Laissez-faire que são os liberais

Como sou um pai preparador emocional e ela é simplista então sou melhor pai do que ela C.Q.D.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s