Firmamento


Firmamento

Cidade Negra

o que é que eu vou fazer agora
se o teu sol não brilhar por mim
num céu de estrelas multicoloridas
existe uma que eu não colori

forte, sorte na vida, filhos feitos de amor
todo verbo que é forte
se conjuga no tempo
perto, longe o que for

você não sai da minha cabeça
e minha mente voa
você não sai, não sai, não sai, não sai…

entre o céu e o firmamento
não há ressentimento
cada um ocupando o seu lugar
não sai não, não sai, não sai, não sai, não sai…

o que é que eu vou fazer agora
se o teu sol não brilhar por mim
num céu de estrelas multicoloridas
existe uma que eu não colori

forte, sorte na vida, filhos feitos de amor
todo verbo que é forte
se conjuga no tempo
perto, longe o que for

você não sai da minha cabeça
e minha mente voa
você não sai, não sai, não sai, não sai…

entre o céu e o firmamento
existe mais coisas do que julga
o nosso próprio pensar
que vagam pelo tempo
e aquele sentimento de amor eterno

entre o céu e o firmamento
existem mais coisas do que julga
o nosso próprio entendimento
que vagam como o vento
com aquele juramento de amor eterno

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s