Pernilongo – Mosquito da Dengue


mosquito da dengue

mosquito da dengue

Mosquito, pernilongo, mosquito-prego, muruçoca, muriçoca,carapanã,carapanã-pinima, fincão, fincudo, melga, sovela e bicuda são termos gerais para designar diversos insectos da subordem Nematocera, normalmente dando ênfase para a família Culicidae. Por constituírem vernáculos, não obedecendo às regras danomenclatura científica, abarcam diversos táxons, como é o caso dos mosquitos-palha.

Regionalismos

Em várias partes do Brasil, faz-se distinção entre mosquito e pernilongo: o primeiro refere-se a pequenas moscas, como as drosófilas, enquanto que o segundo, além dessa denominação, é também referido como “muriçoca”4 . Na maioria dos estados da Região Norte do Brasil, este pernilongo chama-se “carapanã” . As fêmeas do pernilongo são também conhecidas como “melgas” ou “trompeteiros”.

Etimologia

“Mosquito” vem do latim musca . “Pernilongo” é uma referência às longas pernas do inseto . “Mosquito-prego” é uma referência a sua picada, que se assemelha à perfuração de um prego. “Muriçoca”, “meruçoca” e “muruçoca” são oriundos do tupi muri’soka . “Carapanã” vem do tupi karapa’nã . “Carapanã-pinima” vem da junção dos termos tupis karapa’nã (“mosquito”) e pi’nima (“pintado) . “Fincão” e “fincudo” vem de “fincar e são uma referência a sua picada. “Sovela” é uma referência ao instrumento cortante homônimo utilizado pelos sapateiros e correeiros , numa alusão à picada dos insetos. “Perereca” vem do gerúndio do tupi pere’reg, “ir aos saltos” e é uma alusão ao hábito do inseto de pular de um lugar para outro para fugir de seus inimigos. “Bicuda” é uma alusão à sua picada.

Biologia

Como os outros membros da ordem Diptera, os mosquitos têm um par de asas e um par de halteres, que são modificações das asas posteriores usadas como órgãos de equilíbrio. Nos chamados mosquitos a probóscide (tromba) está adaptada para a sucção de líquidos como néctar, seiva ou sangue. Muitas espécies, como os Anopheles e o Aedes aegypti são vetores deparasitas, como, nestes casos e respetivamente, a malária e a dengue.

Larvas de mosquito

Em geral, apresentam dimorfismo sexual acentuado: os machos apresentam antenas plumosas (como pequenas árvores de natal), e as fêmeas apresentam antenas pilosas e são muito mais corpulentas; em quase todas as espécies elas alimentam-se de sangue de vertebrados (incluindo o homem) para maturar seus ovários antes de pôr os ovos.

O tamanho varia, mas é raramente maior que 15 mm. O peso dos mosquitos é apenas de 2 a 2,5 miligramas. Eles conseguem voar de 1,5 a 2,5 km/h. Os mosquitos existem há 170 milhões de anos (Jurássico médio).

Pernilongo
Pernilongo, ou mosquito, é o nome genérico dado a vários insetos da família Culicidae. Só as fêmeas picam, e apenas quando estão em época de reprodução. Mas suas picadas são suficientes para espalhar doenças e gerar epidemias.

fonte:http://pt.wikipedia.org/wiki/Mosquito

Sintomas e Tratamento

Fique alerta aos sintomas da dengue:

Depois da picada do mosquito com o vírus, os sintomas se manifestam normalmente do 3º ao 15º dia. Esse período é chamado de incubação. O tempo médio de duração da doença é de cinco a seis dias. É só depois do período de incubação que os seguintes sintomas aparecem:

sintomas da Dengue Clássica

• Febre alta com início súbito.
• Dor de cabeça.
• Dor atrás dos olhos, que piora com o movimento deles.
• Perda do paladar e apetite.
• Náuseas e vômitos.
• Tonturas.
• Extremo cansaço.
• Manchas e erupções na pele semelhantes ao sarampo, principalmente no tórax e membros superiores.
• Moleza e dor no corpo.
• Muitas dores nos ossos e articulações.

Dengue Hemorrágica

Os sintomas da dengue hemorrágica no início da doença são os mesmos da dengue comum. A diferença ocorre, com maior freqüência, quando acaba a febre e começam a surgir os sinais de alarme:
• Dores abdominais fortes e contínuas.
• Vômitos persistentes.
• Pele pálida, fria e úmida.
• Sangramento pelo nariz, boca e gengivas.
• Sonolência, agitação e confusão mental.
• Sede excessiva e boca seca.
• Pulso rápido e fraco.
• Dificuldade respiratória.
• Perda de consciência.

Na dengue hemorrágica, o quadro clínico se agrava rapidamente, apresentando sinais de insuficiência circulatória e choque, podendo levar a pessoa à morte em até 24 horas.

Se você apresenta esses sintomas,
vá imediatamente a uma unidade de saúde.
fonte: http://www.dengue.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=5
Pior que mosquito da dengue só as ex-esposas que adorar sugar o sangue dos ex-maridos e impedem de ver o filho!

Eles querem meu sangue – Cidade Negra

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s