A Tonga da Mironga do Kabuletê


A Tonga da Mironga do Kabuletê
Vinicius de Moraes + Toquinho

Eu caio de bossa
Eu sou quem eu sou
Eu saio da fossa
Xingando em nagô

Você que ouve e não fala
Você que olha e não vê
Eu vou lhe dar uma pala
Você vai ter que aprender
A tonga da mironga do kabuletê
A tonga da mironga do kabuletê
A tonga da mironga do kabuletê

Eu caio de bossa
Eu sou quem eu sou
Eu saio da fossa
Xingando em nagô

Você que lê e não sabe
Você que reza e não crê
Você que entra e não cabe
Você vai ter que viver
Na tonga da mironga do kabuletê
Na tonga da mironga do kabuletê
Na tonga da mironga do kabuletê

Você que fuma e não traga
E que não paga pra ver
Vou lhe rogar uma praga
Eu vou é mandar você
Pra tonga da mironga do kabuletê
Pra tonga da mironga do kabuletê
Pra tonga da mironga do kabuletê

Anúncios

Um comentário sobre “A Tonga da Mironga do Kabuletê

  1. 7 de Salmos

    Senhor meu Deus, em ti confio; salva-me de todos os que me perseguem, e livra-me;
    Para que ele não arrebate a minha alma, como leão, despedaçando-a, sem que haja quem a livre.
    Senhor meu Deus, se eu fiz isto, se há perversidade nas minhas mãos,
    Se paguei com o mal àquele que tinha paz comigo (antes, livrei ao que me oprimia sem causa),
    Persiga o inimigo a minha alma e alcance-a; calque aos pés a minha vida sobre a terra, e reduza a pó a minha glória. (Selá.)
    Levanta-te, Senhor, na tua ira; exalta-te por causa do furor dos meus opressores; e desperta por mim para o juízo que ordenaste.
    Assim te rodeará o ajuntamento de povos; por causa deles, pois, volta-te para as alturas.
    O Senhor julgará os povos; julga-me, Senhor, conforme a minha justiça, e conforme a integridade que há em mim.
    Tenha já fim a malícia dos ímpios; mas estabeleça-se o justo; pois tu, ó justo Deus, provas os corações e os rins.
    O meu escudo é de Deus, que salva os retos de coração.
    Deus é juiz justo, um Deus que se ira todos os dias.
    Se o homem não se converter, Deus afiará a sua espada; já tem armado o seu arco, e está aparelhado.
    E já para ele preparou armas mortais; e porá em ação as suas setas inflamadas contra os perseguidores.
    Eis que ele está com dores de perversidade; concebeu trabalhos, e produziu mentiras.
    Cavou um poço e o fez fundo, e caiu na cova que fez.
    A sua obra cairá sobre a sua cabeça; e a sua violência descerá sobre a sua própria cabeça.
    Eu louvarei ao Senhor segundo a sua justiça, e cantarei louvores ao nome do Senhor altíssimo.
    Salmos 7:1-17

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s