CNJ - Alienação Parental

Conselho Nacional de Justiça – Alienação Parental

A alienação parental se caracteriza quando a mãe ou o pai estimula uma criança a romper os laços afetivos com o outro genitor, criando fortes sentimentos de ansiedade e temor. A lei prevê medidas que vão desde o acompanhamento psicológico até a aplicação de multa, ou mesmo a perda da guarda da criança a pais que estiverem alienando os filhos.

Alienação Parental

ALIENAÇÃO PARENTAL

A alienação parental se caracteriza quando a mãe ou o pai estimula uma criança a romper os laços afetivos com o outro cônjuge, criando fortes sentimentos de ansiedade e temor em relação ao outro genitor. A lei prevê medidas que vão desde o acompanhamento psicológico até a aplicação de multa, ou mesmo a perda da guarda da criança a pais que estiverem alienando os filhos. Confira detalhes na Lei n. 12.318/2010: http://bit.ly/1bMkN3d.

ISTOÉ – Justiça em nome dos filhos

“Justiça em nome dos filhos” por Antonio Carlos Prado e Elaine Ortiz Na quarta-feira, 26, o Senado aprovou a lei que torna obrigatória e imediata a adoção da guarda compartilhada. A decisão deverá ser sancionada pela presidente Dilma Rousseff nos próximos dias e, assim, segundo especialistas e educadores, o Brasil conquista um mecanismo jurídico que…

Pela guarda compartilhada!

Pela guarda compartilhada! Por Patrícia Maldonado | Mãe de Salto Alto – qui, 27 de nov de 2014 11:26 BRST Guarda dividida entre pais deverá ser regra na falta de acordo (Foto: Getty Images) Falta sanção da presidente Dilma Roussef, mas ontem o Plenário do Senado aprovou um projeto importantíssimo que regulamenta a Guarda Compartilhada. Ou seja,…